O processo de Ensino Virtual na Coree teve como foco, além dos conteúdos escolares alguns aspectos interessantes como:

– minimizar os impactos do isolamento permitindo interação entre os colegas;

– desenvolvimento das habilidades necessárias para a participação em videoconferência – tanto as tecnológicas quanto as de comportamento;

– tornar as crianças e jovens capazes de utilizar as ferramentas do ensino online;

– trabalhar os valores da escola e o IB Learner Profile sob o contexto da crise.

1 – Atividades postadas no classroom;
2 – Atividades dos materiais dos estudantes;
3 – Aulas gravadas e
4 – Aulas via WEB em tempo real.

1 – Computador com acesso à internet, webcam e microfone;
2 – Fones de ouvido não são obrigatórios mas melhoram a qualidade na recepção do áudio;
3 – Os programas são as ferramentas do google for education que já possuímos;
4 – Internet com velocidade mínima de 10 mbps (um site para se medir a velocidade é https://www.speedtest.net).